O que aconteceu com o Clubhouse? Será que o Clubhouse vai acabar?

Marketing Digital

O que aconteceu com o Clubhouse? Será que o Clubhouse vai acabar?

Junte-se aos empreendedores de sucesso.

Receba nossos e-mails e fique por dentro!

Afinal, porque ninguém mais fala da rede social de áudio Clubhouse?

Sim, aquela que teve um crescimento repentino ao ponto de em poucos dias milhares de pessoas disputarem um convite para poder participar e ver a novidade.

Pois bem, a rede social nasceu despertando muito desejo, mas na mesma velocidade que ela surgiu e despertou interesse, parece que agora ela começou a perder a força no mesmo ritmo.

As salas de bates papos diminuíram, antes era uma galera, muitos gurus, muitos assuntos e hoje as coisas andam mais calmas.

Será que o Clubhouse é tipo aqueles grupos de whatsapp de amigos do tempo da escola que no primeiro dia é mó legal e depois cansa?

…Vou falar por mim
Eu percebi que muita gente entrou não se adaptou e saiu, outra ficaram fissuradas e eu particularmente gostei bastante, mas depois me deu preguiça.

O fato é que a rede social é sensacional, porém existem algumas coisinhas que incomodam como:

  • Pegar o papo pela metade
  • Não deixarem você participar
  • Nao ter como retroceder para entender o papo
  • Não ter como salvar a conversa para ouvir depois
  • Não ter botões de interação

Mas no fundo o que eu acho que pegou mesmo foi a Dependência de horas que vc fica na rede social – já que se sair a sensação é que vai perder muita informação útil – conheci pessoas que estavam há 10 horas seguidas no aplicativo, DEUS ME LIVRE!

Eu gostei demais, conheci uma galera, mas a verdade é que precisa ter Disciplina.

Ter disciplina é fundamental e acredito que foi isso que aconteceu com os usuários…senão vc vira uma esponja de informação, onde vc aprende, troca ideia com pessoas incríveis, mas na pratica se você não se policiar isso pode te paralisar e atrapalhar sua vida real.

A lição é:

  • Tudo o que é demais cansa
  • Se não trouxer benefícios, naturalmente você vai perceber que tem mais o que fazer.
  • Era novidade e o povo queria marcar território, mas na prática isso demanda muito tempo

Moral da história:

No meu ponto de vista a rede continua interessante como sempre foi, porém o que mudou foi a forma de consumo onde hoje as pessoas estão mais disciplinadas dedicando apenas o tempo necessário. Tanto que as salas já estão mais organizadas, com horário de início e término e regrinhas mais alinhadas.

Ou seja, você entra, participa e vai embora.

Mas, para a sobrevivência do Clubhouse, seria interessante eles aplicarem um plano de ação rápido para a rede voltar a ser lembrada, aquecida e mais acessada, senão eles correm sérios riscos de ser engolido em breve. Afinal o Rei das redes sociais Mark Zuckerberg já está de olho e preparando grandes mudanças em suas redes.

Vamos aguardar…

E aí?

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *